Por que se chama fase do “Patinho Feio” e ela se autorresolve?

Por Administrador

Edição V20N01 | Ano 2021 | Editorial Controvérsias na Ortodontia | Páginas 116 até 122

Alberto Consolaro

OBJETIVO: Conceituar e explicar a fase do “patinho feio” e explicar por que as reabsorções dentárias não acontecem nos dentes envolvidos. RESULTADO: Comparou-se a forma antiga de explicar a correção e a autocorreção dessa fase com os fundamentos atuais: os caninos superiores não “empurram” por contato direto os incisivos laterais superiores na fase do “patinho feio”. Eles participam significativamente da geração de vetores de crescimento na região óssea da pré-maxila, aumentando seu volume para a frente e para o lado. Assim, os dentes anteriores superiores se reposicionam e se harmonizam bilateralmente, quanto à estética e função. CONCLUSÃO: Antropologicamente, a evolução da fase do patinho feio para a de cisne lindo é natural e tende a se autorresolver na maior parte das pessoas. Quando isso não acontece, a interferência do profissional se faz necessária para que ortodonticamente, de forma preventiva ou corretiva, se estabeleça a normalidade estética e funcional, estimulando-se o crescimento ósseo maxilar anterior.

Vetor de crescimento. Canino. Erupção. Reabsorção dentária.

Consolaro A. Why is it called the “Ugly Duckling” phase and does it self-resolve? Clin Orthod. 2021 Feb-Mar;20(1):116-22.