Praticidade em realizar desoclusão dentária em casos de protração maxilar com sobremordida exagerada

Por Administrador

Edição V19N04 | Ano 2020 | Editorial Expertise Clinica | Páginas 104 até 108

Luciana Duarte CALDAS, Luísa Schubach da Costa BARRETO, Kelly GALISTEULUIZ, Lincoln Issamu NOJIMA

INTRODUÇÃO: A má oclusão de Classe III pode ser tratada ortodonticamente na fase da dentição mista. Contudo, outros tipos de más oclusões associadas, como a sobremordida exagerada, podem agravar a severidade do caso. Diante disso, a necessidade da utilização da máscara facial fica comprometida pela ausência de uma dimensão vertical livre suficiente que compense esse trespasse vertical acentuado, dificultando, dessa forma, a protração da maxila e consequente descruzamento dentário anterior. Como solução, torna-se bastante comum a confecção e cimentação de batentes de desoclusão posterior fixos. Mas e quando não há suporte dentário posterior satisfatório para permitir a instalação desses batentes? O que fazer? OBJETIVO: O objetivo do presente artigo foi descrever como obter desoclusão posterior para o tracionamento maxilar na fase da dentição mista, nos casos com sobremordida exagerada associada e poucos elementos dentários na região posterior.

Má oclusão Classe III de Angle. Oclusão dentária. Sobre-mordida. Aparelhos de tração extrabucal.

Caldas LD, Barreto LSC, Galisteu-Luiz K, Nojima LI. Practical solution for dental disocclusion in cases of maxillary protraction associated to deep overbite. Clin Orthod. 2020 Aug-Sept;19(4):104-8.