Tratamento compensatório da Classe III esquelética e dentária em paciente do sexo masculino em crescimento

Por Administrador

Edição V19N01 | Ano 2020 | Editorial Entrevista | Páginas 93 até 115

Adriano Froner

OBJETIVO: Relatar o diagnóstico, o planejamento e a forma de tratamento de um paciente de 14 anos de idade com má oclusão de Classe III esquelética e dentária. RELATO DE CASO: Paciente apresentando má oclusão com relação de Classe III completa de molares no lado esquerdo, desvio da linha média dentária inferior para a direita e mordida cruzada anterior e posterior direita. A falta de colaboração inicial do paciente (que se encontrava na fase do surto de crescimento puberal) e a presença generalizada de diastemas em ambas as arca- das foram determinantes para a escolha da abordagem com o aparelho ortodôntico corretivo combinado ao aparelho funcional fixo Power Scope, que, por sua vez, proporcionou a melhora da relação sagital das arcadas e a correção da mordida cruzada anterior e, dessa forma, a gradativa aceitação do paciente quanto à utilização da mentoneira e dos elásticos intermaxilares tipo swing (anterior oblíquo) e Classe III, dando condições para a continuidade do tratamento, melhora na fase de finalização e o aumento da estabilidade oclusal. RESULTADOS E CONCLUSÃO: Ao fim desse tratamento ortodôntico compensatório, foi alcançada uma harmonização das linhas do sorriso e dos traços faciais, com correção da assimetria da arcada inferior, das mordidas cruzadas, da relação de Classe III do lado esquerdo, além da redução dos espaços interdentários e a correção da discrepância de Bolton, com excesso anteroinferior de 4,5mm.

Ortodontia corretiva, Aparelhos ortodônticos funcionais, Má oclusão Classe III de Angle,

Froner A. Tratamento compensatório da Classe III esquelética e dentária em paciente do sexo masculino em crescimento. Rev Clín Ortod Dental Press. 2020 Fev-Mar;19(1):93-115.