Movimentos dentários indesejados provocados por contenção ortodôntica fixa higiênica

Por Administrador

Edição V19N01 | Ano 2020 | Editorial Caso Clínico | Páginas 79 até 90

Larissa Barbosa MODA, Diego Junior da Silva SANTOS, José Augusto Mendes MIGUEL

INTRODUÇÃO: Contenções fixas são alternativas de primeira escolha para estabilizar o alinhamento de dentes anteriores após o tratamento ortodôntico, por não necessitarem da cooperação do paciente. Contudo, são mais propensas ao acúmulo de placa e cálculo. Com base nisto, o uso de contenções ortodônticas fixas denominadas higiênicas tem sido adotado com o intuito de se preservar a saúde periodontal. Entretanto, esse tipo de contenção possui maior quantidade de fio, o que a torna mais suscetível a deformações, que aumentam o risco de complicações pós-tratamento — como movimentos dentários indesejáveis. OBJETIVO: O objetivo deste artigo é ilustrar dois casos clínicos que resultaram em movimentos indesejáveis na fase pós-contenção, descrever as causas mais comuns desses movimentos dentários indesejáveis e enfatizar a importância das consultas de contenção para identificar todos os fatores do movimento dentário indesejado. RESULTADOS: Os dois casos clínicos apre- sentados demonstraram que o movimento indesejado é imprevisível, e pode estar associado a fatores que podem gerar abertura de pequenos espaços ou alteração de torque radicular, resultando em recessões gengivais. CONCLUSÃO: As barras de contenção higiênicas apresentam risco de gerar movimentos dentários indesejados, por isso a importância da assiduidade do paciente às consultas de contenção, antes que ocorram problemas maiores, como retrações gengivais e fenestrações ósseas.

Contenções ortodônticas, Retração gengival, Recidiva,

Moda LB, Santos DJS, Miguel JAM. Movimentos dentários indesejados provocados por contenção ortodôntica fixa higiênica. Rev Clín Ortod Dental Press. 2020 Fev-Mar;19(1):79-90.