Finalização em Ortodontia: arte ou ciência? Como você mede a qualidade das suas finalizações?

Por Administrador

Edição V18N05 | Ano 2019 | Editorial Editorial | Páginas 4 até 7

Marcio Almeida

Num dos editoriais anteriores, escrevi sobre “A Ortodontia, o tempo de tratamento e o super-ortodontista”. Pois é, pontuei que finalizar bem em Ortodontia pode não ser tão simples assim, porquanto vários fatores fazem-se presentes quando a finalização com excelência é o alvo principal. A maioria de nós, ortodontistas, acredita que está entre os melhores na arte de executar a Ortodontia: não somente provemos o alinhamento dentário, mas também elevamos a qualidade de vida dos nossos pacientes e esculpimos os tecidos moles na melhor direção, para atingir a melhor estética para cada face. Mas será que somos bons naquilo que fazemos, a Ortodontia? Uma pergunta importante, que nos leva a refletir sobre o tema: como você mede ou quantifica a qualidade dos seus resultados ortodônticos?

Finalização em Ortodontia: arte ou ciência? Como você mede a qualidade das suas finalizações? Rev Clín Ortod Dental Press. 2019 Out-Nov;18(5):4-7.