Preparo ortodôntico para cirurgia segmentada e avanço maxilar em paciente com má oclusão esquelética de Classe III

Por Administrador

Edição V17N04 | Ano 2018 | Editorial Caso Clínico BBO | Páginas 108 até 118

Fernando Penteado Lopes da Silva

A má oclusão esquelética de Classe III por deficiência maxilar, quando diagnosticada durante a dentadura decídua ou fases iniciais da dentadura mista, pode apresentar bons resultados quando tratada com disjunção palatal seguida pela tração reversa da maxila. Pacientes adultos, entretanto, requerem intervenção ortodôntico-cirúrgica para reposicionamento anterior da maxila e correção da desarmonia esquelética. A segmentação da maxila oferece vantagens terapêuticas especialmente nos casos onde a deficiência anteroposterior está associada à atresia maxilar. O presente caso clínico foi apresentado ao Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial (BBO) se enquadrando na categoria IGC igual ou superior a 20, como requisito para diplomação pelo BBO.

Silva FPL. Preparo ortodôntico para cirurgia segmentada e avanço maxilar em paciente com má oclusão esquelética de Classe IIIl. Rev Clín Ortod Dental Press. 2018 Ago-Set;17(4):108-18. DOI: https://doi.org/10.14436/1676-6849.17.4.108-118.bbo