Tratamento da má oclusão de Classe II subdivisão com Ortodontia Lingual e propulsor mandibular: relato de caso

Por Administrador

Edição V17N01 | Ano 2018 | Editorial Relato de Caso | Páginas 63 até 77

Graziane Olímpio Pereira, Wilana Moura, Carlos Henrique Guimarães Júnior, Silvana Allegrini Kairalla, José Fernando Castanha Henriques

Objetivo: demonstrar o tratamento compensatório de um indivíduo Padrão I, do sexo feminino, com má oclusão de Classe II subdivisão esquerda, leve assimetria facial e sem comprometimento da estética facial, utilizando a técnica lingual. Relato de caso: o tratamento foi realizado com a técnica lingual associada a um propulsor mandibular Forsus (3M Unitek) e aparelho vestibular parcial de porcelana monocristalina no lado inferior esquerdo. Resultados: foi possível conseguir uma oclusão estável, com protrusão e lateralidade direita e esquerda, redução da protrusão dentária superior e correção da linha média. Conclusão: a técnica lingual vem sendo solicitada por uma grande parte de pacientes adultos e pode ser utilizada de forma eficaz, isoladamente ou em associação com aparelhos vestibulares parciais, no tratamento de todas as más oclusões, com resultados comparáveis aos da técnica vestibular.

Pereira GO, Moura W, Guimarães Júnior CH, Kairalla SA, Henriques JFC. Tratamento da má oclusão de Classe II subdivisão com Ortodontia Lingual e propulsor mandibular: relato de caso. Rev Clín Ortod Dental Press. 2018 Fev-Mar;17(1):63-77. DOI: https://doi.org/10.14436/1676-6849.17.1.063-077.art