Comunicação: o nome do jogo

Por Administrador

Edição V16N05 | Ano 2017 | Editorial Editorial | Páginas 6 até 7

Carlos Alexandre Câmara

“— Será que o nosso cliente (paciente) sempre tem razão?
— Sim!
— Mas ele não é um ser humano?
— Sim!
— Mas o ser humano não é perfeito. Sendo assim, não pode ter razão sempre, correto?

É nesse impasse que, na minha opinião, se insere a mais importante ferramenta de um consultório ortodôntico: a comunicação…”

Câmara CA. Comunicação: o nome do jogo. Rev Clín Ortod Dental Press. 2017 Out-Nov;16(5):6-7. DOI: https://doi.org/10.14436/1676-6849.16.5.006-007.edt