Avaliação da resistência adesiva de contenções ortodônticas fixas utilizando resina flow, com ou sem adesivo: um estudo in vitro

Por Administrador

Edição V16N05 | Ano 2017 | Editorial Artigo Original | Páginas 57 até 67

Giovani Ceron Hartmann, Geyssi Karolyne Gonzatto, Jussimar Scheffer Castilhos, Priscilla do Monte Ribeiro Busato, Mauro Carlos Agner Busato

Objetivo: avaliar a resistência adesiva (RA) de uma resina composta fluida carga (Flow) na colagem de contenções ortodônticas fixas, e verificar se a exclusão do adesivo poderia prejudicar o desempenho laboratorial dessas contenções. Métodos: foram testadas contenções coladas diretamente em 80 dentes bovinos extraídos para a confecção dos corpos de prova, os quais foram divididos aleatoriamente em quatro grupos (n = 20), com diferentes sistemas de adesão: Grupo 1 – Transbond XT com o uso de adesivo; Grupo 2 – Opallis Flow com o uso de adesivo; Grupo 3 – Opallis Flow sem o uso de adesivo; Grupo 4 – Transbond XT sem o uso de adesivo. Os corpos de prova foram submetidos a testes de tração (pull-out), realizados em um texturômetro TA.HDplus (Stable Micro Systems), com velocidade de 0,5mm/min, e as cargas de ruptura foram registradas em Newtons; também se avaliou o índice de adesivo remanescente (ARI). Resultados: não houve diferença estatisticamente significativa na RA entre os grupos que utilizaram adesivo. Entre os grupos que não utilizaram adesivo, também não houve diferença (p > 0,05). O grupo Transbond XT sem adesivo alcançou resistência semelhante ao grupo Transbond XT com adesivo. Os grupos em que se utilizou adesivo (1 e 2) foram estatisticamente diferentes dos grupos em que o adesivo não foi utilizado (3 e 4), quanto ao ARI. Conclusões: observou-se que a RA e o ARI obtidos com a resina Flow mostraram-se similares aos com outras resinas ortodônticas com carga.

Hartmann GC, Gonzatto GK, Castilhos JS, Busato PMR, Busato MCA. Avaliação da resistência adesiva de contenções ortodônticas fixas utilizando resina flow, com ou sem adesivo: um estudo in vitro. Rev Clín Ortod Dental Press. 2017 Out-Nov;16(5):57-67. DOI: https://doi.org/10.14436/1676-6849.16.5.057-067.art