O uso de cantilevers para correção da má oclusão de Classe II

Por Administrador

Edição V14N03 | Ano 2015 | Editorial Artigo Inédito | Páginas 70 até 76

Larry White

De todas as técnicas e sistemas que envolvem a biomecânica, e que os ortodontistas precisam conhecer, os cantilevers são o mais simples, mas talvez o menos apreciado desse armamentário. Cantilevers, por definição, precisam ter uma extremidade que se fixe a um braquete, tubo ou esteja confinada em acrílico, e uma extremidade ativa, que tenha somente um ponto de contato com um dente ou fio. Esse artigo descreve e exemplifica vários tipos de cantilevers para a correção de más oclusões de Classe II, e ilustra a aplicação de um novo princípio de cantilever em um paciente com Classe II. Esse novo design oferece ao clínico um maneira simples, eficaz e barata de resolver um de seus maiores desafios.

White L. O uso de cantilevers para correção da má oclusão de Classe II. Rev Clín Ortod Dental Press. 2015 jun-jul;14(3):70-6.