Análise da força máxima da mordida segundo a preferência mastigatória

Por Administrador

Edição V13N05 | Ano 2014 | Editorial Artigo Inédito | Páginas 91 até 97

Silvana Bommarito, Patricia Barbarini Takaki, Marilena Manno Vieira

Introdução / A preferência mastigatória (PM) é o lado mais usado pelo indivíduo durante o ato da mastigação, que pode estar relacionado com a força máxima da mordida (FMM), que é a máxima força exercida pelo indivíduo durante a fragmentação dos alimentos e é determinada por muitos fatores. / Objetivo / Analisar a FMM de indivíduos, em diferentes faixas etárias, determinadas por Mayoral e Mayoral (1971), segundo a PM. / Métodos / A amostra consistiu em 80 indivíduos, da cidade de São Paulo, divididos igualmente entre sexo e faixa etária. Cada indivíduo foi submetido a uma avaliação miofuncional, composta por uma avaliação clínica associada à anamnese sobre a PM, medidas antropométricas de peso e altura, de onde foi extraído o IMC, avaliação das condições dentárias e avaliação da força máxima da mordida, usando um dinamômetro modelo DDK/M (Kratos, Cotia/SP), na escala N. A avaliação dentária e da força de mordida foram monitoradas por um profissional da área. Após o computo dos dados, foram submetidos à análise estatística. / Resultados / Foi observada maior FMM do lado direito em indivíduos que relataram ter PM à direita, e uma tendência para PM à esquerda com maior FMM para o mesmo lado. / Conclusão / A PM à direita determina a FMM, o que não acontece com idade, sexo e IMC.

Bommarito S, Takaki PB, Vieira MM. Análise da força máxima da mordida segundo a preferência mastigatória. Rev Clín Ortod Dental Press. 2014 out-nov;13(5):91-7.