Carga imediata em mini-implantes: momento de reflexão

Por Administrador

Edição V12N04 | Ano 2013 | Editorial Pergunte a um Expert | Páginas 9 até 13

Júlio de Araújo Gurgel, Fabricio Viana Pereira Lima, Rufino José Klug

Para melhor entendimento do uso de carga imediata em mini-implantes ortodônticos, consideramos de importância analisar, inicialmente, os fatores relacionados à estabilidade do mini-implante (MI). O sucesso na sua instalação encontra-se em torno de 85%, pois depende de fatores distintos e relacionados ao MI, ao profissional e ao paciente1,2 (Fig. 1).As melhorias nas características relacionadas às suas dimensões e desenhos têm contribuído para facilitar a seleção dos MIs mais apropriados ao uso na Ortodontia3. Ao longo do tempo, a aquisição de maior habilidade quanto à técnica de inserção torna o profissional mais apto, aumentando a porcentagem de sucesso na sua instalação4,5,6. Porém, os fatores da estabilidade relacionados com o paciente não sofrem influência do processo evolutivo em habilidade técnica ou do dispositivo. Consideram-se como relacionados ao paciente: a espessura da cortical, a largura do septo inter-radicular e a higiene bucal7,8[…]