Extração seriada: uma opção para tratamento interceptivo do Padrão Face Longa

Por Administrador

Edição V12N04 | Ano 2013 | Editorial Caso Clínico | Páginas 76 até 87

Maurício de Almeida Cardoso, Isabella Simões Holz, Fabio Pinto Guedes, An Tien Li, Leopoldino Capelozza Filho

O programa de extrações seriadas (PES) é baseado na extração de dentes, inicialmente decíduos, e, então, permanentes, em pacientes com relação oclusal de Classe I que apresentam discrepância de modelo negativa grave. O tratamento tem início na dentição mista, com a extração de molares ou, até mesmo, de caninos decíduos, e, posteriormente, a extração dos primeiros pré-molares, na dentição permanente. A sequência das extrações pode sofrer algumas variações e demanda um longo período de acompanhamento entre as fases do tratamento, até que o programa de extrações seja finalizado e o paciente esteja apto para a fase corretiva. O presente artigo tem como objetivo apresentar, por meio de um caso clínico, o tratamento de uma paciente Padrão Face Longa subtipo médio, que foi submetida ao PES e, em seguida, ao tratamento ortodôntico compensatório