Corticotomia e osteotomia como coadjuvantes no tratamento ortodôntico

Por Administrador

Edição V12N03 | Ano 2013 | Editorial Revisão de Literatura | Páginas 64 até 70

Carla Salvi, Natasha Magro Érnica, Marcos Rogério de Mendonça

Introdução: muitas vezes, as limitações em técnicas ortodônticas tradicionais e o fator tempo criam barreiras para a realização de determinados tratamentos ortodônticos. Com o uso associado de novas técnicas cirúrgicas, esses tratamentos podem ser realizados de forma mais previsível, acessível e rápida, buscando maior eficiência, pois podem expandir significativamente as limitações da Ortodontia. Dois tipos principais de terapia ortodôntica cirurgicamente facilitada, cada uma com suas indicações próprias e protocolos, estão tornando-se habituais: corticotomia e osteotomia, as quais envolvem secções cirúrgicas do osso alveolar associadas à aplicação de forças. Objetivo: o presente trabalho objetivou a realização de uma revisão de literatura acerca dessas técnicas, haja vista que são alternativas eficazes, porém pouco difundidas, necessitando de maiores evidências clínicas e técnicas aprimoradas para que se tornem mais frequentes e opções reais de tratamento.