Dispositivo bucal de baixo custo para controle de ronco primário e de apneia obstrutiva do sono: desenvolvimento e resultados preliminares

Por Administrador

Edição V12N03 | Ano 2013 | Editorial Dica Clínica | Páginas 26 até 36

Victor Manoel de Mendonça Abreu

Introdução: dispositivos intrabucais (ou aparelhos intrabucais) têm sido propostos para o avanço mandibular, apoio e retenção lingual em posição anterior, evitando o ronco primário e a apneia obstrutiva do sono, reduzindo ou eliminando os riscos à saúde relacionados à apneia. Esses dispositivos precisam interferir o mínimo possível na capacidade de movimentação mandibular — interferência que pode ser danosa ao sistema musculoarticular. Dispositivos com essa característica têm um custo relativamente alto. Assim, foi elaborado um dispositivo simples, de baixo custo, manufaturado com materiais de uso corriqueiro em qualquer ambulatório de Odontologia. Objetivo: o objetivo principal do presente projeto é apresentar um dispositivo bucal de baixo custo e de fácil confecção para o controle do ronco simples e da apneia obstrutiva do sono, possibilitando seu uso na saúde publica. Métodos: visando testar sua efetividade, foram realizados exames clínicos e de polissonografia para fins de diagnóstico. Depois houve uma fase laboratorial e outra de utilização clínica monitorada do aparato por até três meses. Nesse período, seis pacientes foram avaliados clinicamente e por meio de um novo exame polissonográfico. Conclusão: concluímos que os níveis de apneia e de ronco, com o uso do presente aparelho, atingem padrões de normalidade em um curto período de tempo.