Fez a endodontia: E agora? Quando movimentar? Fundamentos biológicos

Por Administrador

Edição V12N03 | Ano 2013 | Editorial Controvérsias na Ortodontia | Páginas 123 até 128

Alberto Consolaro, Renata Bianco Consolaro

Para colaborar com a compreensão e fundamentação do porquê dos dentes endodonticamente tratados poderem ser movimentados ortodonticamente, discorremos sobre o assunto dividindo-o em três tópicos: 1) dentes endodonticamente tratados sem lesão periapical; 2) dentes endodonticamente tratados com lesão periapical inflamatória; e 3) dentes endodonticamente tratados com necrose pulpar asséptica por raumatismo dentário. Ressalta-se que todos os dentes endodonticamente tratados a serem movimentados ortodonticamente devem ser submetidos a uma avaliação criteriosa sobre as condições adequadas ou inadequadas do tratamento endodôntico por parte do endodontista. Nos casos de insucesso, deve-se Considerar que as forças ortodônticas não modificaram a composição e a virulência da microbiota envolvida. Os insucessos endodônticos nesses casos devem ser atribuídos às mesmas causas dos insucessos que envolvam dentes com tratamento endodônticos e que nunca foram movimentados ortodonticamente.