Protocolo alternativo para o tratamento da síndrome da apneia obstrutiva do sono com aparelho intrabucal

Por Administrador

Edição V12N01 | Ano 2013 | Editorial Caso Clínico | Páginas 116 até 121

Dario Fernandes Lopes Neto, Eloisa Marcantonio Boeck, Karina Eiras Dela Coleta Pizzol, Nadia Lunardi, Leandro Bielli Rossi

Introdução: a síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) tornou-se um problema de saúde pública, sendo mais prevalente na população mundial do que outras doenças crônicas. A Ortodontia tem um papel importante em seu tratamento com a utilização dos aparelhos intrabucais (AIB) dinâmicos de avanço mandibular, principalmente em casos de SAOS de intensidade leve a moderada. Existem na literatura protocolos de tratamento, no quais a cooperação do paciente para realizar a ativação do AIB é fundamental para o sucesso e evolução do caso. Métodos: foi usado um protocolo de atendimento alternativo para um paciente adulto, do sexo feminino, com índice de apneia/hipopneia (IAH) de 12 episódios por hora, associado a ronco intenso, índice de massa corporal de 27,4 kg/m2 e quadro de hipertensão arterial. Foi realizada uma abordagem terapêutica integrada envolvendo a Otorrinolaringologia, a Ortodontia e a Fonoaudiologia, de forma que a ativação do avanço mandibular do AIB foi controlada mensalmente pelo ortodontista. Resultados: redução significativa do ronco, diminuição da frequência cardíaca (sono REM 61 para 47,3 e NREM 51 para 42,7), atenuando o AIH para 2 episódios por hora em um período de 6 meses. Conclusão: o protocolo proposto nesse artigo mostrou-se eficaz ao tratar um paciente com SAOS de intensidade leve, com o mínimo de avanço mandibular em um curto período de tempo, apresentando estabilidade oclusal, clinicamente observada após um ano de acompanhamento.