Tratamento ortodôntico interceptivo da mordida cruzada anterior: relato de Artigo

Por Administrador

Edição V11N01 | Ano 2012 | Editorial Artigo | Páginas 56 até 68

Pedro César Fernandes dos santos, Aline Levi Baratta Monteiro, Bruno Miranda Lopes, Marcelo Cerqueira Trévia, Alexandre Bastos Chaves, Diego Alexandre Gonzaga

Esse artigo apresenta uma abordagem simples, barata e rápida para o tratamento da mordida cruzada anterior, usando aparelhos ortodônticos interceptores na correção dessa má oclusão. Por meio de revisão da literatura e de um Artigo, serão apresentadas informações pertinentes à classificação das mordidas cruzadas anteriores, vantagens, desvantagens, indicações e contraindicações do aparelho plano inclinado, e aplicação do índice normativo da severidade da má oclusão. Em um paciente com mordida cruzada dentária e funcional anterior na dentição mista, foi instalado um plano inclinado por 21 dias e, posteriormente, um aparelho progênico por 12 meses. Houve significativa inclinação lingual dos incisivos inferiores e vestibularização dos incisivos superiores. O Índice Dental Estético (IDE) determinou a diminuição significativa da severidade da má oclusão do caso relatado, sobretudo pela correção da sobressaliência negativa. Concluímos que o tratamento ortodôntico interceptivo com o aparelho plano inclinado corrigiu, em curto período de tempo, a mordida cruzada anterior dentária e funcional. O uso de um aparelho progênico foi importante como contenção.