A importância das linhas médias no diagnóstico, planejamento e tratamento ortodôntico

Por Administrador

Edição V10N05 | Ano 2011 | Editorial Artigo | Páginas 72 até 79

Priscila Dias Nascimento SANDER, Adriano Gonçalves Barbosa de CASTRO, Cinthia Gonçalves Barbosa de CASTRO, Bruno Lima MINERVINO

Introdução: cada dia mais, os profissionais de Ortodontia se deparam com uma importante realidade — a procura dos pacientes pela excelência no resultado estético. Para que essa demanda seja atendida, é necessário que todos os instrumentos diagnósticos sejam conhecidos e utilizados. As linhas médias são componentes importantes na estética e harmonia facial. A coordenação das linhas médias (facial, dentária e geométrica) é uma meta a ser estabelecida no planejamento ortodôntico. Objetivo: descrever e esclarecer as diferenças entre as linhas médias facial, dentária e geométrica, e como elas devem fazer parte do diagnóstico, planejamento e tratamento ortodôntico, além de avaliar a influência das linhas médias na percepção estética. Métodos: a linha média facial é uma linha imaginária que passa verticalmente pelo centro da face, dividindo-a em duas metades. É determinada a partir da união dos seguintes pontos: ponto mediano entre as sobrancelhas e o centro do filtro do lábio superior. A linha média dentária é representada pelo ponto de contato entre os incisivos centrais superiores e os incisivos centrais inferiores. Já a linha média geométrica é o centro geométrico da circunferência do arco construído e, na prática, será a linha média dentária obtida após o alinhamento e nivelamento dentário. Infelizmente, ainda não se dá a devida importância a essa análise, apesar da sua relevância no diagnóstico e tratamento ortodôntico. Conclusões: para a obtenção de uma estética agradável, é importante a coincidência das linhas médias. Dentre elas, a linha média geométrica é pouco conhecida pelos profissionais e ainda pouco abordada pela literatura.