A influência do atrito na mecânica ortodôntica

Por Administrador

Edição V09N02 | Ano 2010 | Editorial Artigo | Páginas 41 até 48

Flavio A, COTRIM-Ferreira

São inúmeros os fatores a serem considerados pelo profissional quando do planejamento mecânico de uma terapia ortodôntica. Dentre esses, o coeficiente de atrito tem chamado grande atenção de clínicos e pesquisadores, principalmente após a popularização dos braquetes autoligados. No presente artigo são listadas as diversas características do aparelho ortodôntico que interferem na geração de forças de atrito, ou fricção, entre o fio ortodôntico e o braquete, quando da realização de uma mecânica de deslize. Objetiva-se fornecer ao ortodontista subsídios para um melhor controle biomecânico e, desta forma, agilizar a movimentação dentária, reduzir o dano tecidual decorrente da terapia, assim como encurtar o tempo total de tratamento.