Sistema Ertty para distalização de molares. Relato de casos clínicos

Por Administrador

Edição V08N05 | Ano 2009 | Editorial Artigo | Páginas 76 até 88

Fernando Rayes Manhães, Mário Vedovello Filho, Mayury Kuramae, Adriana Simoni Lucato, Heloísa Cristina Valdrighi

Inúmeras técnicas e aparelhos auxiliares têm sido desenvolvidos com o intuito de corrigir a má oclusão de Classe II, seja ela de origem esquelética ou dentária. O Sistema Ertty representa um desses sistemas intrabucais de forças biomecânicas para distalização de molares superiores. O objetivo do presente artigo foi relatar casos clínicos tratados com sucesso por meio dessa técnica. Concluiu-se que a distalização do molar ocorreu sem efeitos colaterais clinicamente significativos, levando à correção da relação de Classe II. O sistema movimentou todo o segmento posterior do lado que sofreu distalização com consequente correção da linha média superior.