Tração reversa da maxila associada à mecânica intermaxilar no tratamento precoce do Padrão iii: relato de caso

Por Administrador

Edição V08N04 | Ano 2009 | Editorial Artigo | Páginas 84 até 92

Guilherme Thiesen, Juliana de Oliveira da Luz Fontes, Michella Dinah Zastrow, Michel Horvath de Lima, Nivaldo Nuernberg

Dentre as modalidades de tratamento precoce do Padrão III, a tração reversa associada à expansão rápida da maxila constitui a abordagem mais popular e estudada na literatura ortodôntica, produzindo os melhores resultados no menor período de tempo. Os aparelhos comumente usados para promover a protração maxilar envolvem um dispositivo intrabucal capaz de provocar a disjunção da maxila e uma máscara facial ou mentoneira modificada, capazes de aplicar forças ortopédicas sobre a maxila e estimular seu crescimento em direção anterior. Relatos recentemente publicados envolvem o uso de variados aparelhos intra e extrabucais, implantes, platôs fixos de acrílico, ou outras abordagens que visam maximizar o efeito ortopédico da tração reversa da maxila. O foco do presente artigo consiste em avaliar as mudanças ocorridas no complexo dentofacial em uma paciente jovem com Padrão III tratada com tração reversa da maxila associada à mecânica intermaxilar.