Modificação no desenho da contenção fixa 3×3 com acesso livre ao fio dental

Por Administrador

Edição V08N03 | Ano 2009 | Editorial Dica Clínica | Páginas 21 até 25

Cesar Antonio Bigarella, José Antonio Pereira Caricatti, Vinícius Vinholi Molena, Gabriela David Bigarella

A modificação sugerida no desenho da contenção fixa 3×3 com acesso livre ao fio dental foi motivada pela percepção de que sua proximidade com a região cervical dos incisivos e caninos poderia dificultar a higienização, facilitando o acúmulo de placa bacteriana e, consequentemente, favorecendo problemas periodontais. Baseado neste preceito, realizamos a modificação e passamos a utilizar o 3×3 modificado em todos os casos concluídos em nossa clínica particular. A primeira resposta positiva foi com relação à aceitação da contenção por parte dos pacientes, pois a satisfação dos mesmos foi evidente nestes últimos anos. A segunda foi com relação aos resíduos e placas encontrados nas consultas subsequentes, uma vez que a grande maioria dos pacientes se apresentou com uma higienização melhor que a encontrada com a contenção fixa 3×3 lisa, a qual utilizávamos até então. Essa avaliação foi feita clinicamente, através da observação dos pacientes. Acreditamos que contenções fixas com acesso livre ao fio dental contribuem para a manutenção da boa higiene dos dentes e da saúde periodontal dos pacientes, principalmente porque a contenção fixa é utilizada por longos períodos, com objetivo de preservar o alinhamento dos dentes anteriores após o tratamento.