Bite-Block posterior: uma opção para o controle vertical

Por Administrador

Edição V08N02 | Ano 2009 | Editorial Artigo | Páginas 60 até 66

Luana Paz Sampaio Dib, Dirceu Barnabé Raveli, Denise Rocha Goes Landázuri

O presente artigo apresenta considerações gerais sobre a mordida aberta anterior e aspectos relacionados ao Bite-Block posterior. A literatura mostra que o controle do componente vertical é muito difícil de ser realizado e os resultados finais mostram-se pouco estáveis. Do ponto de vista teórico, o Bite-Block possibilita o controle do deslocamento vertical da maxila e mandíbula, podendo ser indicado para pacientes com mordida aberta anterior associada à altura facial ântero-inferior aumentada e ângulo do plano mandibular aberto. O artigo é ilustrado com a apresentação do caso clínico de uma paciente em fase de crescimento, que apresentava mordida aberta esquelética associada à mordida cruzada posterior e que foi tratada com o Bite-Block posterior associado ao uso do aparelho fixo e que, aos 2 anos pós-tratamento, mantém uma boa estabilidade.