Uso da cefalometria em Ortodontia: o valor diagnóstico, científico e os erros mais comuns

Por Administrador

Edição V07N06 | Ano 2008 | Editorial Artigo de Revisão | Páginas 67 até 74

Nilson Sousa Ferreira, Enio Tonani Mazzieiro, Flávio Ricardo Manzi

Apesar da importância da cefalometria no diagnóstico das más oclusões, esse método, quando obtido de maneira incorreta, pode comprometer o diagnóstico, dificultando o tratamento. Erros como as falhas na técnica radiográfica, no posicionamento incorreto da cabeça, deficiências na identificação das estruturas anatômicas e dos pontos cefalométricos, iluminação e equipamentos inadequados para o registro do cefalograma podem se tornar comuns, comprometendo a sua avaliação. Dessa forma, este artigo procurou elucidar o uso da cefalometria, os seus possíveis erros, orientando quanto às precauções para reduzi-los e ressaltando a utilização desse método como auxiliar nos diagnósticos, planejamentos ortodônticos e pesquisas científicas.