Puberdade precoce: informações de interesse para o ortodontista

Por Administrador

Edição V07N04 | Ano 2008 | Editorial Artigo | Páginas 62 até 67

Antonio de Moraes Izquierdo, Fernanda Mara de Paiva Bertoli, Paula Paiva do Nascimento Izquierdo, Lincoln Issamu Nojima, Matilde da Cunha Gonçalves Nojima

Introdução: a puberdade é um período de modificações biopsicossociais intensas, pelo qual os indivíduos passam até que alcancem a maturidade sexual. Pode ser diagnosticada, clinicamente, por meio do surgimento das características sexuais secundárias. Nesse período, ocorrem as taxas de crescimento mais significativas da face, constituindo um momento de grande interesse para o ortodontista, no manejo das desarmonias esqueléticas faciais. Algumas crianças atingem a puberdade em idade anterior à média populacional, o que é denominado puberdade precoce. Objetivo: este trabalho visa apresentar uma revisão da literatura sobre puberdade normal e puberdade precoce, direcionada ao diagnóstico ortodôntico, ilustrando idades dentária e esquelética precoces, em relação à idade cronológica, em uma paciente de 8 anos de idade. Conclusão: a idade óssea é a forma mais indicada para determinar o melhor momento de intervenção ortopédica na face, inclusive em pacientes portadores de puberdade precoce, nos quais o crescimento puberal pode ser finalizado antes mesmo de ser completada a troca dos molares decíduos.