Avaliação de diferentes fontes de polimerização na resistência de união de braquetes

Por Administrador

Edição V07N02 | Ano 2008 | Editorial Artigo | Páginas 74 até 78

Luciana Borges Retamoso, Niége M, Lazzari de Onofre, Ernani Menezes Marchioro

Esse estudo teve o objetivo de determinar in vitro a influência da luz halógena e do LED na resistência de união de braquetes colados com cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Fuji Ortho LC® – FOLC – GC América Inc.®). Vinte pré-molares tiveram suas raízes seccionadas e desprezadas. As coroas foram incluídas em tubos plásticos (PVC) e aleatoriamente divididas em 2 grupos: grupo I – braquetes fotopolimerizados pela luz halógena por 40 segundos; grupo II – braquetes fotopolimerizados pelo LED por 15 segundos. Após a profilaxia, foi aplicado ácido fosfórico a 37% por 30 segundos nas superfícies de esmalte e os braquetes colados de acordo com as instruções do fabricante. Os espécimes foram armazenados em água destilada a 37ºC por 24 horas. Posteriormente, os 2 grupos experimentais foram submetidos ao teste de cisalhamento na máquina de ensaio universal (EMIC DL 2000) com velocidade de 1mm/min até a descolagem do braquete. Os resultados foram analisados através do teste t Student e demonstraram que não houve diferença estatística. O IAR (Índice de Adesivo Residual) mostrou que não há diferença na forma de descolagem dos braquetes entre os grupos I e II.