Projeto: custo ou investimento? É possível ter retorno financeiro do que foi gasto na reforma da clínica!

Por Administrador

Edição V07N01 | Ano 2008 | Editorial Arquitetura do Ambiente Clínico | Páginas 48 até 49

Suelena Morais

O projeto básico de arquitetura, desenvolvido em conformidade com a RDC-50 (norma federal para projetos da área da saúde) é investimento mínimo necessário a instalação de uma clínica. Seguindo as normas, nenhum ambiente importante será esquecido e todos eles terão área suficiente e confortável para o trabalho. Um projeto aprovado de acordo com as normas gera uma clínica funcional e eficiente para o dia a dia, aquela onde o trabalho acontece sem atropelos ou improvisações de espaço. A outra parte do projeto, a decoração de acordo com o perfil do cliente, chama-se Humanização. Os acabamentos, os móveis, os adornos, as cores e todos os pequenos detalhes da decoração podem ser usados para influenciar psicologicamente o cliente. Esta decoração especial, feita para encantar os clientes, funciona como facilitador no aceitamento do orçamento do serviço pelo cliente, pois gera bem estar, aumentando a percepção de valor que o cliente tem de sua clínica, de você e conseqüentemente de seus serviços. Vale lembrar que cada tipo de decoração vai gerar valor para um determinado perfil de cliente. Por isso a importância de conhecer a fundo seu público alvo e criar uma decoração humanizada direcionada especialmente para ele.