Braquetes estéticos: características e comportamento clínico

Por Administrador

Edição V06N04 | Ano 2007 | Editorial Artigo | Páginas 50 até 57

Cassio Rocha Sobreira, Lívia Barbosa Loriato, Dauro Douglas Oliveira

Com a crescente procura de adultos por tratamento ortodôntico, aumentou também o interesse pela utilização de aparelhos fixos mais discretos e socialmente aceitáveis. Os braquetes estéticos, plásticos e cerâmicos, apresentam-se como opções de materiais ortodônticos que atenderiam essa demanda. Esses acessórios possuem propriedades físico-químicas e comportamento clínico diferentes dos braquetes convencionais metálicos, merecendo, portanto, atenção adicional do ortodontista. O objetivo deste artigo é realizar uma revisão crítica da literatura sobre os diversos tipos de braquetes estéticos atualmente disponíveis no mercado, abordando suas principais características, indicações e contra-indicações, destacando como tais propriedades poderiam interferir em sua perfomance clínica.