Sílvia Reis – Parte I

Por Administrador

Edição V06N04 | Ano 2007 | Editorial Pergunte a um Expert | Páginas 15 até 24

Rosely Suguino

“A cefalometria foi empregada durante muito tempo como uma importante ferramenta no diagnóstico ortodôntico. Porém, a análise facial tornou-se de fundamental importância, já que os valores numéricos mostraram-se pouco eficientes como determinantes no planejamento ortodôntico. Observamos, entretanto, uma tendência de se repetir o mesmo erro da cefalometria com a utilização da análise facial numérica, uma vez que muitos trabalhos atuais têm sido conduzidos para a obtenção de valores normativos para a população. Em sua opinião, qual seria o espaço para a utilização dos valores numéricos e quais seriam as principais justificativas em se utilizar as análises faciais morfológica e estética?”