Alternativas para a fixação da contenção fixa ântero-inferior durante a colagem

Por Administrador

Edição V06N02 | Ano 2007 | Editorial Dica Clínica | Páginas 25 até 34

Lívia Barbosa Loriato, André Wilson Machado, José Maurício de Barros Vieira

A fase de contenção após o tratamento ortodôntico é uma importante etapa para a manutenção dos resultados obtidos e estabilidade do tratamento. Em relação à recidiva ortodôntica, a região de maior preocupação é a ântero-inferior, vista a freqüência do apinhamento dos incisivos associada à sua etiologia multifatorial. Dessa forma, a contenção fixa ântero-inferior tem grande aplicação clínica por sua praticidade, simplicidade de confecção, conforto ao paciente e por dispensar a colaboração quanto ao uso. O objetivo deste artigo é abordar o passo-a-passo de algumas alternativas para sua fixação durante o procedimento de colagem, auxiliando os clínicos e pós-graduandos da área de Ortodontia a reduzir as falhas deste tipo de contenção.