Ortodontia lingual: técnicas laboratoriais de montagem

Por Administrador

Edição V05N02 | Ano 2006 | Editorial Dica Clínica | Páginas 20 até 27

Maria Christina de Souza Galvão, Liliana Ávila Maltagliati

O sucesso do tratamento ortodôntico com Ortodontia lingual depende substancialmente da precisão no posicionamento dos braquetes, pois, devido às dificuldades de trabalho com as faces linguais e a menor distância inter-braquetes, a execução de dobras no fio deve ser evitada ao máximo. Pela dificuldade de trabalho e visualização das faces linguais, a colagem necessariamente se faz de forma indireta, com montagem do aparelho em laboratório. A importância do procedimento de posicionamento dos braquetes e a necessidade de colagem indireta levaram ao desenvolvimento de várias técnicas de montagem. Algumas das técnicas mais utilizadas serão descritas nesse trabalho e será demonstrada uma modificação na técnica de confecção de matrizes individuais de transferência pelo emprego de polímero de etileno-vinil acetato termo-plástico (cola quente).